EQUIPE MÚLTIPLA DANÇA 2021
Marta Cesar.png

MARTA CESAR é diretora, coordenadora de programação e curadora do Festival Múltipla Dança, nas 11 edições do Festival, realizadas entre 2006 e 2021. Ao lado de Jussara Xavier, publicou e organizou o e-book Múltipla Dança - 10 anos em encontrosGraduada em Direito pela Faculdade de Direito da USP (Largo São Francisco) em 1985, seguiu a carreira artística que já desenvolvia como bailarina no Balé da Cidade de São Paulo. Especialista em Dança Cênica (Udesc), atuou em diversas funções na área cultural, especialmente na área da dança e da música na esfera nacional e internacional. Durante 20 anos no estado de Santa Catarina, desenvolveu funções na área da produção cultural, atividades pedagógicas, acadêmicas e artísticas, atuando, inclusive, na área política. Mudou-se para São Paulo, sua terra natal, no ano de 2017 e, desde então, atua como autônoma na formatação e produção de projetos na área cultural e social e como parecerista em projetos culturais municipais, estaduais e nacionais.

___

Jussara Xavier 1.jpeg

JUSSARA XAVIER é diretora, coordenadora de programação e curadora do Festival Múltipla Dança. Atua como crítica de dança, diretora de espetáculos de dança e teatro, pesquisadora, professora, gestora, coordenadora e parecerista de projetos culturais. Pós-doutora em Filosofia (UFSC), doutora em Teatro (Udesc), mestre em Artes, Comunicação e Semiótica (PUC/SP), especialista em Dança Cênica (Udesc). Coordenadora e professora da pós-graduação Linguagem e Poética da Dança da Universidade Regional de Blumenau (FURB). Professora dos cursos de Licenciatura em Dança, em Teatro e em Música da FURB, e do Curso Tecnologia em Produção Cênica da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Publicou o e-book Múltipla Dança - 10 anos em encontrosos livros Grupo Cena 11. Dançar é conhecer (2015) e Acontecimentos de dança: corporeidades e teatralidades contemporâneas (2013). Coorganizadora dos livros Tubo de Ensaio. Composição [Intervenções + Interseções] (2016); Histórias da Dança (2011); Pesquisas em Dança (2008); Tubo de Ensaio. Experiências em Dança e Arte Contemporânea (2006). Responsável pela pesquisa, realização e direção do Documentário Ballet Desterro: Contemporaneidade na Dança Catarinense (2010). Na função de coordenadora dos Seminários de Dança do Festival de Dança de Joinville, organizou os livros 1, 2, 3 e já! A criança pinta, borda e dança (2018) e Dança não é (só) coreografia (2017)O site Midiateca de Dança (midiatecadedanca.com) disponibiliza gratuitamente livros, textos e vídeos de sua autoria, além de reunir um acervo documental relacionado à história e memória da dança catarinense.

___

Néri Pedroso Foto Div (2).jpg

NÉRI PEDROSO é jornalista e desde 2013 faz parte da equipe técnica do Múltipla Dança – Festival Internacional de Dança Contemporânea como assessora de imprensa e articuladora do Festival. Autora dos livros Hassis (Tempo Editorial) e Coletiva de Artistas de Joinville: construção mínima de memória (FCJ) e de Superlativa Marina (Instituto Juarez Machado). Assina artigo no e-book Múltipla Dança - 10 anos em encontros e nos livros Tubo de Ensaio – Composição [Interseções + Intervenções], Percurso do Círculo – Schwanke Séries, Múltiplos e Reflexões (Contraponto), e é uma das organizadoras do livro Interlocuções Possíveis: Kosuth e Schwanke (Instituto Schwanke). Integra a Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA).

___

WhatsApp Image 2021-05-18 at 21.57.14.jp

PAULA ALBUQUERQUE é nossa designer gráfica e responsável por alimentar nosso site e o nosso Instagram. Ao lado de Marta Cesar, Jussara Xavier e Néri Pedroso, é uma das articuladoras do Festival Múltipla Dança. Designer gráfica e jornalista com foco em projetos culturais, assina a identidade visual e os materiais gráficos do Múltipla Dança (2007-2021), FITA – Festival Internacional de Teatro de Animação (2019), Fidé Brasil – Festival Internacional do Documentário Estudantil (2012-2021), projeto (A)Gentes do Riso (2016-2021), Festival de Música Contemporânea Aliança Francesa (2008-2010), Orquestra Filarmonia Santa Catarina (2010-2014), além de projetos de livros de arte, fotografia e literatura, revistas, catálogos de exposições, CDs, peças gráficas para espetáculos teatrais, shows, eventos, entre outros. Curadora das exposições 2019 – pinturas de Fabio Dudas (Tralharia Antique, 2019), e Gaveta – Arte Gráfica que Ninguém Viu – peças gráficas assinadas por Daniel Olivetto (Galeria do Sesc Itajaí, 2018). Membro do Comitê Cultural da Aliança Francesa de Florianópolis (2005-2008) e do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Barca dos Livros (NEP), em Florianópolis-SC (2018-2020). Conheça seu portfólio neste link.

___

IMG_7850.JPG

GISELE MARTINS é nossa produtora executiva. Graduada em Turismo pela Estácio de Sá de SC (2004), atuou pouco no setor, partindo em seguida para a publicidade. Em 2006, começou como assistente de produção em campanhas publicitárias que lhe renderam experiência, contatos e grandes amigos. No ano seguinte, encarou as primeiras produções em filmes de curta-metragem catarinenses com a Vinil Filmes, campanhas internacionais e produções fotográficas. Em 2010, entrou em outro segmento, a produção de festivais, realizando no mesmo ano o Festival Múltipla Dança e o Festival de Música Contemporânea. Já em 2011, criou, em parceria com o fotógrafo Cristiano Prim, a empresa Kindin Fotografia Infantil, que segue atuante até hoje. Em 2011, 2012 e 2013, assumiu a produção de Dança e Cinema do evento Maratona Cultural de Florianópolis. Ainda em 2013, assumiu a produção de eventos do departamento de comunicação da Fecomércio SC. Em janeiro de 2016, fez a produção e curadoria da exposição O Fotógrafo Também Dança, do fotógrafo Cristiano Prim, em comemoração aos 20 anos do trabalho do artista na dança em Santa Catarina. Depois de uma longa pausa, em 2021 retornou ao Múltipla Dança.

___

Prim.jpg

CRISTIANO PRIM é o responsável pelos registros fotográficos e em vídeo do Múltipla Dança. Prim é especializado em retratar o movimento evidenciado na dança de Santa Catarina, com uma trajetória profissional de mais de 20 anos na cidade de Florianópolis. Seu trabalho representa uma oportunidade de conhecimento e interrogação acerca da dança, apontando questões poéticas, históricas, sociais, políticas, tecnológicas e econômicas, vislumbradas em suas imagens. Realizou a exposição autoral O Fotógrafo também Dança, veiculada no Floripa Shopping (2017) e na Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vecchietti (2016), em Florianópolis (SC). Fotógrafo do teatro Ballhaus Naunynstraße em Berlim/Alemanha (2016). Fotografou o Grupo Cena 11, Eduardo Fukushima e Michelle Moura no evento The Sky Is Already Falling – HAU, em Berlim e Düsseldorf. Integrante do Grupo Cena 11 Cia. de Dança como fotógrafo e cenotécnico (1995-2014), atualmente realiza trabalhos de foto e vídeo para o grupo. Fotógrafo das principais escolas de dança de Florianópolis, como Arte.Dança, Bia Vilela e Garagem da Dança. Fotógrafo de shows nacionais como Elza Soares, João Bosco, Ney Matogrosso, Paulinho Moska, Ivete Sangalo, Arnaldo Antunes e o uruguaio Jorge Drexler. Fotógrafo de festivais, como o Festival Internacional de Música Contemporânea, Fita Floripa, Múltipla Dança, Baila Floripa, Palco Giratório e Floripa TAP. Coordenador da equipe fotográfica responsável pela cobertura da Maratona Cultural de Florianópolis. Licenciado em Educação Artística pela Udesc. Conheça seu site aqui.

___

Fabio Dudas_foto Paula Albuquerque 02.jp

FABIO DUDAS assina a ilustração da identidade visual do Múltipla Dança (inspirada na fotografia de Miriam Druwe, da Cia. Druw, clicada por Arnaldo J.G. Torres) e a trilha sonora da nossa vinheta/teaser. Para o Múltipla Dança, criou, ao lado de Paula Albuquerque, a identidade visual de 9 das 11 edições do Festival. Dudas é artista visual, designer e músico. Cursou Bacharelado em Pintura na Escola de Música e Belas Artes do Paraná e desde 2007 está radicado em Florianópolis. Desenhou figurinos para balés e peças de teatro, ministrou palestras sobre arte figurativa e como ilustrador tem seu trabalho aplicado em diversos suportes, como livros infantojuvenis, capas de livros e discos, cartazes, murais, estamparia, objetos de decoração, entre outros. Participou de exposições na 14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba - Polo SC/Museu de Santa Catarina (MASC), na Sala Lindolf Bell/Centro Integrado de Cultura, na Fundação Cultural Badesc/Sala Paulo Gaiad, na COR Galeria, no SESC SC, na Casa Cor SC, em Florianópolis/SC; no Memorial de Curitiba, no Ministério Público do Paraná e no SESC, em Curitiba/PR. Foi curador da exposição Gaveta – Arte Gráfica que Ninguém Viu – peças gráficas assinadas por Daniel Olivetto (Galeria do Sesc Itajaí, 2018), e da exposição Arte na Cidade - Ilustração (Sesc Jaraguá do Sul, 2014). Conheça seu portfolio aqui.

___

Casarinha Luli e Dimi.jpeg

A CASARINHA é quem cuida do streaming dessa edição do Múltipla Dança que é toda on-line. Nas palavras da Luli e do Dimi: "A Casarinha é um espaço de criação e também um espaço de acolhimento. Pensado para projetos artísticos e culturais em suas amplas possibilidades, a Casarinha nasceu da parceria entre Dimi Camorlinga e Luiza Pimenta em meados de 2017. Juntos gerimos e mantemos esse lugar, que também é nossa morada no cotidiano da vida. Não realizamos nada sozinhos. A Casarinha enquanto espaço cultural pretende-se aberta para co-criação e correalização de eventos e atividades. Nossos trabalhos hoje envolvem a operação de eventos online. Oferecemos diversos serviços, desde o streaming à operação de plataformas virtuais para ampliar o acesso ao conteúdo de diversos formatos de eventos, como reuniões, palestras, apresentações artísticas, entre outros. Nossos trabalhos também abraçam o mundo do audiovisual, que inclui gravação de áudio e vídeo, edição e fotografia, bem como uma pincelada no mundo do design. Descubra mais no nosso Instagram e no nosso canal do YouTube."

___

Danielle_arquivo pessoal.jpg

DANIELLE SOUSA é Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Doutoranda em Linguística por essa mesma universidade. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IFMA. Tradutora/Intérprete de Libras-Português desde 2010 no Centro de Ensino e Apoio a Pessoa com Surdez (CAS/MA). Atualmente é professora colaborada junto ao Departamento de Libras da Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Possui certificação de Proficiência em tradução/interpretação Libras/Português/Libras nível médio e superior. Atua principalmente nos seguintes temas: educação bi/multilíngue, Libras, ensino de Libras como língua adicional para ouvintes.

___

jose.ednilson.jpg

JOSÉ EDNILSON GOMES DA SOUZA JÚNIOR é professor do Departamento de Libras (DLSB) do Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tradutor e Intérprete de Libras - Português - Espanhol com 25 anos de experiência. Mestre em Linguística pela Universidade de Brasília/UnB. Tem experiência na área de Linguística, Comunicação e Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: onomástica, terminologia, estudos da tradução e da interpretação. Membro do INTERTRADS – Grupo de Pesquisas em Interpretação e Tradução de Línguas de Sinais (UFSC). Foi representante regional e vice-presidente da World Association of Sign Language Interpreters (WASLI) entre 2011 e 2019.

___